Frete Grátis acima de R$99

Consumo consciente e com propósito: o que é e como funciona?

 

 

Consumo consciente e com propósito: o que é e como funciona?

Escrito por Larissa Chinaglia 

Larissa Chinaglia 

 

Comprar um produto pode ser muito mais consciente do que muita gente pensa. Como isso é possível? Recentemente o tema ganhou mais voz, felizmente, e está trazendo mais propósito as nossas compras: consumo consciente. O que seria o consumo consciente? Você já pensou em quais produtos está comprando, qual a origem deles, se a marca por trás tem algum propósito ou ação sobre esse produto? O consumo consciente busca produtos mais ecológicos e com uma causa por trás. Junto com esse consumo, surgiram outras frentes bem inteligentes como o consumo minimalista, moda consciente e sustentável, e por aí vai. O princípio de todos é o mesmo: buscar marcas e produtos que contribuam com causas que você acredita.

Mãos plantando muda na terra.

 

Consumo consciente – como funciona?

Cada segmento e cada marca tem uma maneira diferente de tratar esse consumo. Algumas das principais formas são:

  • Produtos veganos e não testados em animais
  • Parte do dinheiro revertida para alguma causa;
  • Roupas e produtos com maior qualidade e durabilidade (para evitar trocas frequentes);
  • Peças atemporais (também para evitar trocas)

Enfim, as possibilidades são grandes, mas o principal é: produtos de qualidade e atemporais, e uma causa social ou ambiental por trás.

Um exemplo, para você entender melhor como funciona, é a Lócare Cosmética. A marca vende produtos veganos para crescimento e antiquebra de unhas. O consumo consciente com a marca acontece através da doação de parte do valor dos produtos para ações filantrópicas. “Dessa forma contribuindo com a propagação do carinho e do afeto”, segundo a marca.

Vale mesmo pensar nesse consumo?

O consumo consciente parte bastante do que você acredita e do que você está vivendo no momento. Por exemplo, se você está envolvido nas lutas de minorias, vale dar uma atenção para as marcas que levantam essa bandeira. No geral, o consumo consciente contribui com um mundo melhor. Social e ambientalmente falando. Só por isso, há muitos motivos para apostar nesse estilo.

 

É importante lembrar que a escolha do consumo consciente deve partir da gente e do que nós acreditamos. Somente assim saberemos:

  • o que é ideal para nossa vida;
  • onde e de qual marca comprar;
  • por que comprar;
  • por que pagar o valor x em determinado produto;
  • entender a diferença de preços entre as marcas;
  • julgar o que está dentro do que você acredita

Tem ponto negativo?

Tem. O consumo consciente pode até ser mais caro, sabia? Isso porque podem ser de qualidade maior, podem oferecer um benefício que você precisa, podem contribuir com causas que você e a marca acreditam.

Por isso é fundamental você entender o que realmente deve ser levado em consideração na hora de escolher um produto. Alguns poucos reais a mais podem não fazer tanta diferença se forem revertidos para uma instituição de caridade, por exemplo, não é mesmo?

Você está pronta para fazer um consumo mais consciente?